Virtude e vício são palavras que transmitem o mesmo princípio: o de hábito. Elas duas vem do latim “vezo” que significa vez. Quanto mais vezes praticamos algo, maior é a probabilidade de que esse algo se torne em um hábito. Existem bons hábitos (virtudes) e maus hábitos (vícios). Paulo, no livro de Gálatas capítulo 5, os menciona como bons frutos e obras da carne. Só produzimos bons frutos em Cristo.
Frutos são o resultado da união do galho com a arvore e sua seiva. O SENHOR Jesus disse,em João 15:5, que sendo Ele a Videira verdadeira, se não estivermos Nele não poderemos dar bons frutos, ou seja, nada podemos fazer de bom. Se Cristo é a Videira e nós os ramos, então esses frutos são bons hábitos (virtudes) e a seiva é a Palavra que recebemos Dele na comunhão com Ele. Fora Dele tudo que produzimos são obras da carne (vícios), por isso Isaías 64:6 diz que todas as nossas justiças são como trapo da imundícia.
O que temos em nós mesmos são vícios. Agora podemos entender porque em Mateus 16:24 o SENHOR disse para negarmos a nós mesmos e seguí-Lo, mesmo quando Pedro mostrava a melhor das intenções. Entender isso é de vital importância se queremos dar frutos para DEUS.
Alguém pode questionar: “E as pessoas que nem sequer creem em DEUS e tem bons hábitos?”. Com certeza o princípio do hábito se aplica a todos e a tudo na vida e deve ser seguido, inclusive por não cristãos. Ter bons hábitos alimentares nos dará uma boa saúde. Ter bons hábitos de leitura nos dará uma mente mais expandida e apta para receber e assimilar novas informações. Mas o que está em questão aqui não são bons hábitos apenas, mas frutos para o desfrute do nosso DEUS.
Como DEUS julga um bom ou um mau fruto? Quando estamos em Cristo ou não. Romanos 8:1 diz: Nenhuma condenação há para os que ESTÃO em Cristo Jesus. Estar em Cristo é a condição para produzirmos frutos que satisfaçam ao nosso DEUS.
O que é, no mau sentido, ser religioso? É tentar agradar a DEUS (dar bons frutos) sem estar em Cristo. Só podemos dar bons frutos para a satisfação de DEUS se permanecemos em cristo.
Como permanecer em Cristo? Faça uma releitura de I João e você saberá (Um desafio).
O importante agora é perceber que não podemos produzir as virtudes do ESPÍRITO SANTO e nem frutos para o deleite de DEUS se não tivermos o hábito de permanecer em Cristo.

Jesus é o SENHOR!

Geraldo Filho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*