Cristianismo Mãe da Liberdade Politica (P. Andrew Sandlin)

 A força política mais libertadora na história da humanidade tem sido o cristianismo (Jo 8.36). O cristianismo ramificou-se do tronco da religião hebraica piedosa do Antigo Testamento, e a antiga nação hebraica (antes da era dos reis [1Sm 8]) foi sem dúvida a sociedade mais libertária na história da humanidade. O cristianismo herdou da féContinue reading Cristianismo Mãe da Liberdade Politica (P. Andrew Sandlin)

“E os espíritos dos profetas estão sujeitos aos profetas”. (Felipe Lara ex membro da I.P.B. Vila Campestre)

Para falar sobre este assunto faz-se necessário conhecermos os fundamentos da palavra que é a revelação de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo e compreendermos o seu desejo para as nossas vidas em Mateus 22.29 diz assim:  “Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus” e em Marcos 12.24:Continue reading “E os espíritos dos profetas estão sujeitos aos profetas”. (Felipe Lara ex membro da I.P.B. Vila Campestre)

O uso dos Salmos na devoção cristã (Franklin Ferreira)

Durante quase dois mil anos, os Salmos foram centrais para a devoção da igreja cristã, ensinando os fiéis a orar, em resposta ao Deus que se revela, uma confissão e glorificação ao Deus trino, criador, redentor e restaurador. Deste modo, “quando abraçamos Salmos, juntamo-nos a um amplo grupo de pessoas que por quase trinta séculosContinue reading O uso dos Salmos na devoção cristã (Franklin Ferreira)

“Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus.”

Esta frase está registrada inicialmente no evangelho de Mateus 3:2 e Mateus 4:17, e deixa evidente uma coisa: O Reino de DEUS é uma REALIDADE. Outra coisa que fica clara para nós nesses textos é a misericórdia de DEUS. Essa realidade que vem dos Céus para a Terra, e está próxima, nos pegaria de surpresa não fosse oContinue reading “Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus.”

Permanecer em Cristo para dar bons frutos

Virtude e vício são palavras que transmitem o mesmo princípio: o de hábito. Elas duas vem do latim “vezo” que significa vez. Quanto mais vezes praticamos algo, maior é a probabilidade de que esse algo se torne em um hábito. Existem bons hábitos (virtudes) e maus hábitos (vícios). Paulo, no livro de Gálatas capítulo 5, os mencionaContinue reading Permanecer em Cristo para dar bons frutos